DIOCESE DE ITAPEVA REALIZA SUA ASSEMBLEIA DIOCESENA DE PASTORAL


Evento marcou o lançamento do Plano Diocesano para os próximos 04 anos e reuniu mais de 350 participantes de 22 cidades.

Neste domingo (27/03) a Diocese de Itapeva realizou sua Assembleia Diocesana de Pastoral 2022-2026, com a participação do Bispo Diocesano Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, bispo emérito Dom José Moreira de Melo, coordenador diocesano de Pastoral, Diácono João Victor F. Bonzanini, além dos padres, religiosos, religiosas, leigos e leigas da diocese, nas dependências da FAIT. Participaram as 30 paróquias das 22 cidades que compõem a Diocese de Itapeva. A assembleia reuniu cerca de 350 participantes.


Somos Igreja a caminho! Caminhamos juntos, de mãos dadas, seguindo os passos de Jesus como discípulos-missionários, rumo ao coração do Pai. Hoje, o Senhor convoca toda a Diocese de Itapeva a iniciar uma nova jornada, ampliando os nossos horizontes e exigindo de nós uma autêntica conversão pastoral. Ele quer que sejamos uma Igreja em saída, enfrentando com coragem os desafios de uma nova Evangelização, com renovado método e ardor, para que a sua Verdade e a sua Vida resplandeçam como luz neste mundo tão marcado pelas trevas do pecado” é a mensagem de Dom Arnaldo no Plano Diocesano lançado na Assembleia de domingo.

A Assembleia Diocesana de Pastoral acontece nas dioceses do mundo todo para que o povo de Deus daquela localidade possa se reunir e discernir sobre seu planejamento pastoral. A proposta da Assembleia de Itapeva foi apresentar seu Plano Diocesano de Pastoral para os próximos 04 anos, quando deve ocorrer uma nova assembleia. Para esta edição a Assembleia teve como tema “Semear a esperança por uma igreja sinodal” e lema “De mãos dadas a caminho”.

Em Itapeva aconteceu de uma forma ousada e criativa. Ao invés de trabalhar os temas propostos da maneira tradicional a Diocese inovou ao apresentar 07 diretrizes que serão trabalhadas ao longo dos próximos 04 anos. Iniciando com uma apresentação teatro-musical representada por personagens do cotidiano de Itapeva, as diretrizes foram nascendo com um sonho do bispo diocesano (que foi personagem do teatro, representando a si mesmo) e aos poucos todos os participantes sendo envolvidos, até que foram convidados a se integrar ao próprio elenco e “passear” pelos sete painéis de exposição, caminhando como que “ de mãos dadas” como prevê o lema. Cada painel contou de forma lúdica, contemplativa e expositiva os objetivos propostos para a ação evangelizadora do Plano Diocesano em Itapeva.

Inspirada pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil (2019-2023), a Diocese de Itapeva, a partir de sua realidade eclesial, organizou sete diretrizes (projetos) que servirão de norte para a caminhada pastoral em nossas comunidades eclesiais missionárias, sempre tendo em mente a imagem dos quatro pilares fundamentais: palavra, pão, caridade e ação missionária. Nesse sentido, queremos com estes nossos sete projetos pastorais, pelos próximos quatro anos, caminhar juntos, como Igreja Sinodal Diocesana, na esperança de semear um mundo novo marcado pela alegria do Evangelho, origem e fonte da missão eclesial, testemunhando o Reino de Deus rumo à plenitude”, cita Bonzanini na apresentação do Plano de Pastoral.

Como dito, o Plano Diocesano de Pastoral de Itapeva propõe 07 diretrizes de trabalho. A seguir as diretrizes e seus objetivos:
1.Animação Bíblica da Vida e da Pastoral: priorizar, como alma de nossa missão, o conhecimento e o amor pela Sagrada Escritura em nossas comunidades eclesiais, a partir de iniciativas concretas que englobem: estudo, oração e vivência da Palavra de Deus. Colocar a Bíblia nas mãos do povo e no coração das comunidades.
2.Diaconato Permanente: implantar na Diocese o Diaconato Permanente. Neste quadriênio (2022-2026) serão ordenados sete diáconos permanentes, que ficarão responsáveis pela coordenação e animação de pastorais e movimentos eclesiais: Pastoral da Comunicação, Pastoral Familiar, Pastorais Sociais, Animação Missionária das Comunidades, Setor Juventude, Renovação Carismática Católica e Movimento Ecumênico, Pastoral Vocacional.
3.Cáritas Diocesana: “Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo, defendendo e promovendo toda forma de vida e participando da construção solidária da sociedade do Bem Viver, sinal do Reino de Deus, junto com as pessoas em situação de vulnerabilidade e exclusão social” (Missão da Cáritas Nacional). Ouvir respeitosamente o sofrimento dos empobrecidos e dos que estão em situação de vulnerabilidade e favorecer ferramentas para transformar suas vidas, visando um serviço de vida plena para todos.
4.Igreja-Irmã (Itapeva/SP – Borba/AM): Animar a missionariedade e a colaboração mútua entre a Diocese de Itapeva e a Prelazia de Borba, no coração do estado do Amazonas. Promover ações missionárias ad gentes com a acolhida da Igreja-irmã de Borba em nosso contexto eclesial, mediante gestos concretos como oração, ajuda financeira e envio de missionários.
5.Dízimo Catequético e Infância e Adolescência Missionária: despertar nas crianças e nos jovens, a importância e a necessidade da partilha, bem como o hábito de ser um dizimista responsável, contribuindo com o que pode, de coração alegre; colaborando dessa forma com a ação evangelizadora. Suscitar o espírito missionário entre as crianças e adolescentes, através da Infância e Adolescência Missionária (IAM), com orações e testemunhos; e com o dízimo catequético.
6.Escola de Lideranças: Oferecer ao laicato uma visão integral da liderança cristã no contexto das comunidades, pastorais e movimentos eclesiais. Apresentar a importância da compreensão e reação do líder frente aos altos e baixos da vida pessoal e comunitária, sob a ótica dos princípios e conselhos necessários na busca da Liberdade que Deus oferece, tendo como paradigma a liderança de Cristo Jesus.
7.Centro Diocesano de Pastoral: ter um gesto concreto patrimonial que envolva toda a Diocese num esforço de colaboração e contribuição mútua. Reformar, remodelar e revitalizar o espaço físico do Centro Diocesano de Pastoral localizado em Itapeva/SP.

A partir deste lançamento realizado no domingo último, a Diocese de Itapeva iniciará agora um trabalho de planejar e desenvolver as ações concretas para realizar as diretrizes propostas no Plano Diocesano.

Para o Diácono Bonzanini “a Assembleia lançou as sementes para que as Diretrizes Diocesanas, em conformidade com as DGAE 2019-2023, possam ser impregnadas no coração do nosso povo de Deus, mediante a comunhão, comprometimento e espiritualidade. Afinal, a proposta é viver uma Igreja Sinodal!

Trata-se de um projeto desafiador, fruto de um olhar sinodal da nossa realidade diocesana, inspirado nas Diretrizes da Ação Evangelizadora da CNBB e no Magistério de Sua Santidade, o Papa Francisco. Hoje damos início a um novo capítulo na história da nossa Igreja, e tudo há de dar certo, com a graça de Deus e a intercessão de Maria, nossa Mãe e Auxiliadora e Sant’Ana, nossa dileta padroeira! Animados pelo Espírito Divino caminhemos sempre de mãos dadas, glorificando a Deus com a nossa vida e semeando a esperança no mundo numa Igreja Sinodal! Já sabemos o caminho: o caminho é o Amor! Que Deus abençoe a todos vocês!” relatou Dom Arnaldo.

Confira todas as fotos da Assembleia Diocesana em nosso Facebook (/pascomitapeva).

Texto: Romulo Dias