Celebração da bênção dos Santos Óleos

Segundo o bispo de Santo André e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, dom Pedro Carlos Cipollini, os santos óleos representam o toque curativo de Deus na vida da pessoa.

“Na Bíblia o óleo aparece com vários significados neste sentido de aliviar a dor (parábola do bom samaritano) alimentar a lâmpada (parábola das virgens). Mas o óleo é também sinal de abundância e fraternidade. Jesus mandou os discípulos ungirem com óleo os doentes (Mc 6,13) ”, destaca.

Nesta mesma celebração também, os padres renovam junto ao bispo, os seus compromissos sacerdotais, gesto faz memória a instituição do Sacerdócio.

“É um momento de testemunhar a unidade do Bispo com seu clero e por isso chamamos da missa da Unidade. Mas com a distribuição dos óleos é também um testemunho do serviço ministerial do sacerdócio na administração dos sacramentos para o povo de Deus. O nome Cristo significa “consagrado por meio da Unção” e se somos cristãos é porque fomos ungidos no Cristo pelo batismo e confirmados na crisma e, assim fazemos parte de seu corpo, que é a Igreja”, explica o bispo de Rio Grande, Dom Ricardo Hoepers.

A unção com os óleos bentos vem do Antigo Testamento que era utilizada para consagrar os reis, sacerdotes e profetas. Segundo Dom Ricardo Hoepers, para os cristãos, o sentido dos óleos é que também participamos do sacerdócio de Cristo, e somos com ele mortos, sepultados e ressuscitados. Por isso essa liturgia se insere antes do Tríduo Pascal que irá celebrar esses mistérios.

“O óleo é vida e Cristo é a vida plena. Essa vida de Cristo é participada pelo sacerdócio ministerial e distribuída através dos sinais sacramentais do Batismo, Crisma e Unção dos enfermos”, ressalta o bispo de Rio Grade.

Sobre os Santos Óleos

Óleo do Crisma

Significa a plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma) quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo também usado no sacramento da ordem, (Sacerdotes) para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos.

Óleo dos Catecúmenos

Significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, libertação e preparação para o nascimento pela água e pelo Espírito, para os que irão receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água.

Óleo dos Enfermos

É usado no sacramento dos enfermos, conhecido como “extrema-unção”. Ele simboliza a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa na doença e no sofrimento, ao mesmo tempo em que tem todo um significado de preparação da passagem desta vida para a vida eterna.

CNBB