7º Dia Padre Nazareno Benacchio

O CÉU RECEBE UM GUERREIRO.
“O Senhor Jesus abraçou hoje com certeza um grande jogador do seu time: o Padre Nazareno Benacchio com quase um centenário de vida, um herói de Deus…Nasceu na Itália, falava várias línguas europeias e por mais de quinze anos foi missionário na África, aprendendo línguas africanas. No final da África pegou câncer e os médicos europeus aconselharam que ele não voltasse para a África por causa do clima. Mas como ele continuava querendo ser missionário de Cristo, escolheu vir para o Brasil e como naquele tempo a diocese de Itapeva tinha pouquíssimos padres para mais de 15.000km quadrados Pe. Nazareno veio para o sudeste Paulista. Trabalhou um tempo em Coronel Macedo e finalmente veio para Itapeva, na paróquia Nossa Senhora da Piedade, a pedido de Dom Lambert. Mesmo no Brasil nunca se esqueceu da África. Sempre que podia arrumava auxílios materiais para as missões, hospitais e leprosários daquele continente carente e dizimado pela fome, guerras e revoluções. Naquele tempo o município de Itapeva nos inícios dos anos oitenta era o terceiro ou quarto em tamanho do Estado e nós éramos apenas dois para atender a cidade e a zona rural. O Pe. Nazareno e eu nos tornamos grandes amigos. O tempo era pouco, mas a gente achava tempo para almoçar ou jantar juntos. Ele adorava um macarrão especial que minha mãe fazia e a gente nestas horas batia papo e conversava sobre assunto de pastoral. Um ajudava o outro, sem concorrência ou ciúmes. Pe. Nazareno sempre teve um grande amor e devoção por Dom Silvio, o Santo primeiro Bispo de Itapeva, que ele não conheceu pessoalmente, mas que eu tive a felicidade de conhecer desde adolescente no seminário de Botucatu. E a gente falava muito de Dom Silvio, tanto que saiu um livrinho sobre o assunto. Agora com certeza o Pe. Nazareno já abraçou Dom Silvio. Eu creio nisto. “Combati o bom combate, terminei minha carreira, guardei a fé. Desde já me está reservada a coroa da justiça que me dará o Senhor…”(2Tm.4,7-8). Descanse em paz, jogador do time de Cristo. Interceda por aqueles que ainda estão jogando. Até a Nova Jerusalém.
Pe. João Carlos Alampe.